sexta-feira, 13 de novembro de 2009

VAMOS PARAR COM AMADORISMO MINHA GENTE!



ou
(No Brasil o achismo é uma ciência exata)


O Patropi é um país no mínimo estranho. Desde a imprensa até as autoridades, passando pelos cidadãos comuns, sejam quais forem, não dão o tratamento devido aos acontecimentos, fatos e eventos, não se preocupam em encontrar explicação ou justificativas profissionais e sérias para ocorrências que, por sua magnitude, efeitos ou importância, tragam algum prejuízo para a população. O que se vê é improviso e amadorismo, sempre. Quando ocorre um fato de repercussão nacional, lá vêm os políticos e os “especialistas” em isso ou aquilo dar explicações, o mais das vezes estapafúrdias, sobre o ocorrido. É assim quando de um desastre aéreo, ou enchente, ou ainda falta de energia que atinge muitas cidades, por exemplo. Agora, com o chamado apagão desta semana, não foi diferente. Lá vem um tal de ministro Lobão, um incompetente de carteirinha, explicar por que houve o tal desligamento; lá veio uma tal ministra ou qualquer coisa, Roussef, com jeitão de professora primária, explicar didaticamente o que teria havido; lá vieram alguns deputados e senadores tanto da oposição como do governo, explicar exatamente o ocorrido, sendo que de acordo com a posição política de cada um a explicação era diferente, contraditória mesmo. Minha gente! Vamos parar com amadorismo! Fatos importantes e ligados ao mau funcionamento de alguma coisa, seja de linha de transmissão, de usina, de condição meteorológica ou do caralho a quatro, SEMPRE existe um TÉCNICO ESPECIALISTA responsável e profissional que SABE. Sempre haverá uma explicação técnica e profissional aceitável! SEMPRE! Não existe necessidade de Lobos, Roussefs, políticos e administradores virem à televisão falar besteiras! O público está com o saco cheio disso! No caso do apagão, o que o Lobo mau deveria fazer era ligar para o engenheiro responsável lá de Itaipu e solicitar uma explicação técnica por escrito e, se quisesse, ler o comunicado na televisão. E não ficar, frente às câmeras, exercendo o achismo como se ciência exata fosse. Garanto que teria satisfeito a imprensa e o público, e teria consumido menos paciência nossa. Vamos parar com amadorismo, afinal é urgente que o Brasil finja que é um país sério, pois tem que se preparar para os Jogos Olímpicos de 2016! JAIR, Floripa, 13/11/09.

5 comentários:

J. Muraro disse...

Eta paisinho bunda! E ainda querem sediar jogos olímpicos, haja paciência!

Graça disse...

Jair,

que saudade daqueles tempos em que as coisas nesse Brasil tinham um teor 'um pouquinho' mais sério...
Sabes do que estou falando, não?
Um grande abraço.

T I N I N disse...

O duro vai ser saber em quem votar.
Bando de bandidos.

Anônimo disse...

Ora, Caro Jair:
Chamar um técnico para explicar o que ocorreu seria o certo, se tudo nesse país não fosse em função da podre política!
Nossos governantes atuais precisam diferenciar o atual apagão daqueles que ocorreram nos governos anteriores. Aqueles foram por culpa dos governantes, e o atual, foi uma fatalidade, logo, inevitável!
E foi partindo desta premissa que começaram a surgir explicações como raios, hackers, agentes do Mossad,agentes da CIA, extraterrestres e etc...
Tudo, menos incompetência e falta de investimentos nas coisas certas!
Leonel

Anônimo disse...

"Vamos parar com amadorismo minha gente!" também faz parte de mini contos? Postagem encontra-se no limiar dos limiares, pois tem até Lobão...será que a partir daí que surgiram as idéias dos mini contos?
Sobre ocorrência de raios, melhor técnico do Inmet foi desmentido oficialmente por seu superior, que é indicado político...
Presidente de Itaipu é indicado político e engenheiro AGRONOM, em perfeita sintonia com amadorismo tupiniquim da MINHA GENTE! Brasil Amador Varonil!
Saulo