terça-feira, 25 de maio de 2010

VAMOS VER SE ENTENDI...



Ao chegar de viagem, ainda meio sonado pelo jet lag, ou seja, com o ciclo circadiano defasado, resolvi me inteirar das notícias do Patropi e me deparei com o que segue:

Geisy Arruda, a agora ex-estudante que sofreu bulling numa faculdade e, por isso, debutou na mídia, está com a corda toda segundo li na internet. Lançou uma grife com seu nome, ganhou espaço em programas de TV, vai estrear numa novela, deu entrevistas para jornais e revistas, desfilou no carnaval como destaque, foi convidada para posar nua, arranjou um namorado famoso, fez plástica, lipo e ganhou estágio em Spa. Agora está faturando alto em fama e dinheiro, e tornou-se figurinha carimbada, quando antes era uma mera nulidade. Pois bem, devido ao fato de ter sofrido exposição após o ato violento aplicado pelos colegas, deixou o anonimato deprimente dos bastidores e passou aos holofotes da notabilidade que enriquece, senão apenas de dinheiro, mas de auto-estima e bajulação. Essa mesma Geisy, agora famosa, entrou com ação na justiça contra a faculdade na qual era aluna, por prejuízos morais.

Vejamos se entendi, antes ela não era conhecida e não ganhava dinheiro com a imagem, aliás, sequer tinha uma imagem; agora figura entre as celebridades instantâneas e fatura a cada dia mais do sonharia ganhar em anos anônimos enquanto chafurdava na vala comum dos “eus desconhecidos”, como todos nós, pessoas normais; e ainda alega PREJUÍZOS MORAIS? Essa conta não fecha, será que não é o caso de a escola entrar com uma ação contra ela, solicitando participação nos lucros? Alegando que o ambiente ao qual foi exposta na escola proporcionou-lhe a fama atual, que lhe enche os bolsos? Expliquem-me, por favor. JAIR, Floripa, 25/05/10.

5 comentários:

Beta disse...

Olha, eu vou além...
Sempre achei e agora tenho quase certeza, que esta moça armou esta confusão justamente para conseguir o que conseguiu.
Eu sinceramente não acredito que as emissoras de TV, as revistas, enfim, os meios de comunicação deram abertura para uma figura assim...

bj

R. R. Barcellos disse...

Bem-vindas sejam as andorinhas em seu retorno ao frio outono-inverno do Patropi. Se lá em cima atores se transformam em presidentes e governadores, aqui em baixo a exposição à mídia pode levar essa moçoila à vereança - não sei bem por qual partido... Abraços.

Alma Inquieta disse...

Olá Jair!

E tem explicação?
Não tem...!
Mas a culpa não é dela...!

Muito obrigada meu Amigo... vieste ler um escrito meu dos primeiros...:=)
Tem história..., é, digamos assim... autobiográfico..., alguém me tinha ferido muito..., com palavras. Tanto que mataram uma amizade...

Um beijo e boa semana.

Leonel disse...

Meu amigo, "ciclo circadiano defasado"? Esta foi fundo no vernáculo!
Quanto à Geisy, torço para que ela ganhe uma gorda indenização, para servir como exemplo em outros casos semelhantes.
No futuro, a universidade dará logo um jeito de apurar quem são os talibãs caipiras babacas que não gostam de minissaias (ou de mulher) e isto servirá de recado para prevenir a repetição destes fatos!
Se esses sujeitinhos não gostam de ver saias, vão ter dificuldade de achar lugar para estudar, pois até nas academias militares agora tem mulheres!
O jeito será se mudarem para o Afeganistão onde as mulheres usam a burka! Quem sabe, arranjam um talibã bem apessoado...

Alma Inquieta disse...

Olá Jair!

Meu amigo passa pelo meu blog, por favor, e leva o que é teu por direito, porque vales ouro.

Um beijo e boa sexta-feira.