sexta-feira, 31 de julho de 2009

SOBRE A ARTE DE ESCREVER


No bloguismo já me defini como beletrista, querendo dizer com isto que me dedico a textos sobre amenidades. Amenidades e despretensão, nada mais. A internet e, em particular o bloguismo, permite que nós, os entusiastas, escrevamos e publiquemos nossos textos com comodidade e, também, que aperfeiçoemos a arte da escrita, meu caso. Sem dúvida a web e o processador de textos são os responsáveis pela facilidade com que nós blogueiros expomos nossas idéias e as colocamos ao escrutínio dos leitores. Sem esses instrumentos, muitos potenciais escritores ainda estariam "no armário" devido aos obstáculos de publicar seus textos, de colocar para fora seus anseios e pensamentos. Desde há muito gosto de pôr em letras, - preto no branco para usar uma expressão desgastada, - o que penso, minha opinião e também palpites e reflexões, e até devaneios inconsequentes. Contudo, para que as idéias sejam registradas com alguma competência e alcancem o público é necessário que observemos algumas normas básicas, que me permito expor: 1ª) Primeiro é preciso PENSAR. Sem elucubração criativa não há maneira de trazer a lume qualquer coisa minimamente interessante, que instigue o possível leitor. Sem expor uma idéia nova ou uma reflexão proveitosa, o que se escreve pode se tornar tão interessante como uma bula de remédio, ou seja, não trazer nada além de informações cruas e destituídas de atrativo; 2ª) CLAREZA. De nada adianta ter ótimas idéias, construir belas assertivas, intuir sacadas geniais e ser filigranoso na hora de passá-las adiante. Hermetismo fica bem apenas em Kafka. Clareza significa expor o que se pensa com coerência, de maneira que os leitores entendam, de modo a não deixar dúvida alguma sobre o assunto abordado. Para isso, devemos, além de refletir bem antes de escrever, usar um vocabulário compatível com o público e de acordo com as regras, o que leva ao item seguinte; 3ª) VERNÁCULO, não agredi-lo, não atentar contra sua integridade. Observar as regras gramaticais e a maneira consagrada de escrever as palavras, nada de muita novidade e jamais esdruxularias. Lembrem-se, Guimarães Rosa usava conceituação idiomática única, criava suas próprias regras porque tinha envergadura para isso, se fôssemos iguais a ele não estaríamos escrevendo modestos blogs, estaríamos na ABL. Não ser repetitivo também é regra de ouro, repetição cansa o leitor; 4ª) BAGAGEM. Sem bagagem (leitura), perdão meus caros, só sai merda. A informação nos fornece material para fazer comparações, cotar dados, contrapor opiniões, explicar melhor, convencer. Não há escapatória, só a leitura instrui. Tantos e belos anos passados em bancos escolares capacitam para a vida, criam competência técnica e profissional, possibilitam disputar mercado e lugar à sombra, adestram para competir, mas não trazem instrução e informação que tornam possível escrever bem e com elegância. É isso aí. JAIR, Floripa, 31/07/09.

12 comentários:

angela disse...

A grande vantagem do blog é sua democracia, cabe todo mundo e a seleção é feita pelo gosto pesssoal. por ex: gosto do seu blog, do que e como escreve, então eu o acompanho, leio e comento. Tem alguns que estou acompanhando, mas já penso em me retirar, não por escreverem mal e/ou confusos, mas pelas idéias que não compartilho, embora tenham muitos seguidores.
Abraços

Lucimar Sant`Ana disse...

Na verdade é aqui na internet que se exercem a democracia.
É hora de colocar suas idéias para fora mesmo sem ser escritor.

Sônia Brandão disse...

Jair, vim agradecer a sua visita e conhecer seu blog. Gostei do que vi.
Concordo plenamente quando você diz que a leitura é essencial. Tem muita gente que se mete a escrever e não lê coisa alguma. O resultado é aquilo que você disse.
Um abraço.

Valdeir Almeida disse...

Jair,

A blogosfera é um lugar de exposição de idéias. Mas é também um espaço em que se descobre quem sabe escrever, de fato, sem ser apenas um "sufista na crista da onda".

Creio que todos têm capacidade para escrever. Tal capacidade surge com uma "pitada" de talento, mas também, como você mesmo falou, com muita leitura. Entretanto, o que se tem visto pela internet são muitos blogueiros, cujas homepages são pretextos para expôr anúncios, mas conteúdo inteligente, são poucos blogs que realmente possuem (você faz parte deste seleto grupo de blogueiros que, de fato, apresentam posts de conteúdo inteligente e que nos provocam o pensamento).

Abraços.

Valdeir Almeida disse...

Ah,

Tem selo para você lá no meu blog.

Eu disse...

Jair,

Concordo com a Ângela.
Você, pelo pouco tempo que frequento seu blog, escreve com maestria.
Mas, nem todos tem um blog com a mesma finalidade.
Há quem queira somente publicar fotos, há ques os tem como umlugar para protestar, outros para divulgar, e assim por diante.
Nem todos os blogs precisam necessariamente ser eruditos para serem bons.
Além da democracia, bem citada pela Ângela, a vantagem de quem não gosta de determinado blog, é que se pode simplemsmente sair e não voltar se não agradou.

Sucesso !

Susana

Jorge disse...

Não tenho blog mas acompanho alguns e, sinceramente, tem gente que não tem condição de escrever nem bilhete e se põe a escrever besteira. Não respeitam um mínimo que seja, pontuação, acentuação, grafia, regras gramaticais e concordância. Nada contra que queiram externar suas opiniões, mas por que não estudam pelo menos, por que não lêem livros... É lamentável.

DIFERENTE disse...

Bonita reflexão!

Bom fim-de-semana.

ASS: Diferente

angela disse...

Jair
Não pretendi contesta-lo, só estou com a questão da democracia dos blogs na cabeça, devido a notícias de tentativas de limita-los.
É interessante os passos que você sugere e esta tudo muito bem colocado, mas assim como escuto quem fala errado, leio quem escreve mal. O que me importa são as idéias e imagino que concorde comigo.
Abraços

Maringa disse...

Muito bom Jair, ótimo texto-observação! Novamente agradeço por achar que eu possuo essas qualidades. Na verdade acredito que tudo isso possa ser praticado, basta ter vontade. Ter vontade ja é um ótimo começo pra quem gosta de escrever né... sem isso tudo fica difícil sair alguma coisa interessante que caia no gosto dos leitores. Você reune tudo isso e mais um pouco, rsrss

Grande abraço!

Ruy disse...

Maneira a tua paletada nos pressupostos necessários ao "ofício de escrever" e, por extensão, aos blogueiros.

Dina a Ciganinha disse...

Grande contribição trazes nos teus ensinamentos.Notável seu desprendimento em trasnmitir aos leitores informações tão necessárias pra quem se dispõe escrever.
Obrigada por tua visita que trouxe-me ao teu mundo literário!
meu abç!
Diná