sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Um país tropical


A relação de características brasileiras abaixo não é de minha autoria, é algo que anda rolando pela internet, mas a publico aqui, - mesmo contrariando meu costume de não publicar texto alheio – porque concordo em gênero e grau com seu conteúdo. Quem não concordar que expresse sua opinião nos comentários.

O Brasileiro comum é assim:

1 - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas; 
2 - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas; 
3 - Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração; 
4 - Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, e até dentadura;
5 - Fala no celular enquanto dirige; 
6 - Usa o telefone da empresa onde trabalha para ligar para o celular dos amigos (me dá um toque que eu retorno...) - assim o amigo não gasta nada; 
7 - Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento; 
8 - Pára em filas duplas, triplas, em frente às escolas; 
9 - Viola a lei do silêncio e fica bravo se alguém reclama; 
10 - Dirige após consumir bebida alcoólica; 
11 - Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas;

12 - Espalha churrasqueira, mesas, nas calçadas; 
13 - Pega atestado médico sem estar doente, só para faltar ao trabalho;
14. - Faz 
"gato " de luz, de água e de tv a cabo; 
15 - Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado; muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos; 
16 - Compra recibo para abater na declaração de renda para pagar menos imposto; 
17 - Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas; 
18 - Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou dez, pede nota fiscal de vinte; 
19 - Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes; 
20 - Estaciona em vagas exclusivas para idosos e até para deficientes;
21 - Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se 
fosse pouco rodado; 
22 - Compra produtos piratas com a plena consciência de que são piratas; 
23 - Substitui o catalisador do carro por um que só tem a casca; 
24 - Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem;
25 - Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA; 
26 - Frequenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo de bicho; 
27 - Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos, como clipes, envelopes, canetas, lápis... como se isso não fosse roubo;
28 - Comercializa os vales-transporte e vales-refeição que recebe das empresas onde trabalha; 
29 - Falsifica tudo, tudo mesmo... só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado; 
30 - Quando volta do exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem; 
31 - Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve;
 
32 - Pede ao amigo que está em algum trabalho público, principalmente político, um lugarzinho para seus filhos em vez de estimulá-los a estudar e conseguir seus próprios empregos;
33 - Não se importa (muitas vezes até ajuda) se seu filho faz parte daquele grupo que fraudou o  concurso público e passou, em detrimento de outros candidatos que honestamente tentaram passar.... (olha aí: concurso na área jurídica)....
34 - Vai até a escola e paga a maior  bronca na professora ou professor que chamou a atenção de seu filhinho;
35 - Faz vista grossa quando seu filhinho ainda pequeno chega da escola com pequenos objetos que não lhe pertencem ao invés de fazê-lo devolver no dia seguinte;
36 - Não respeita e não cumpre as leis;
37 - Adultera documentos para entrar em  locais proibidos para menores, com a conivência dos pais;
38 - Coloca nome em trabalho que não fez;
39 - Coloca nome de colega que faltou em lista de presença;
40 - Suborna para alguém fazer seus trabalhos; 
41 – Se recebe troco a mais cala-se esperando que ninguém perceba;
42 – Joga lixo na rua, mesmo existindo lixeira por perto;
43 – Sempre que lhe seja favorável faz uso da Lei de Gérson sem qualquer pudor;
44 - Sempre acha uma maneira de aplicar o jeitinho brasileiro, mesmo que isso implique prejudicar outros ou contrariar as leis; 
45 – E, finalmente, reclama dos “políticos”, como se estes fossem seres alienígenas que vieram de um planeta longínquo e não são da mesma laia do brasileiro comum; Como existisse uma “classe” especial de políticos que nada tem a ver com nossa sociedade.

Pois é, enquanto continuarmos agindo como agimos e reclamando daqueles que elegemos, esse Brasil varonil jamais chegará a ser um país minimamente sério. Dessa maneira somos obrigados a concordar com De Gaulle. JAIR, Floripa, 03/08/12. 

8 comentários:

Tais Luso disse...

rsrsr, como discordar de tanta verdade??
Olha... estou acompanhando pela televisão o julgamento do 'Mensalão'... Falta mais um item nessa lista aí: somos o país que mais consome PIZZA! E como adoramos... tanto faz servirem fria ou quente: ninguém reclama!

Abraços, adorei.

Brandina disse...

Também tem muito cachorro que deixa na calçada o que o dono tem na cabeça. Esse dono pelo menos poderia juntar, concorda?

R. R. Barcellos disse...

Não concordo com a 29. Ainda não conseguimos falsificar uísque paraguaio. "Los hermanos" são mais competentes nesse mister.
Abraços.

Attico CHASSOT disse...

Meu caro Jair,
há verdades e generalizações indevidas. Mesmo em países ditos de elite estão presente fraudes como as elencadas.
Com abraços éticos,
attico chassot

Joel disse...

Quando Jader Barbalho renunciou ao mandato para não ser cassado depois de desviar recursos da SUDENE para, segundo ele, montar um ranário pra sua mulher, na eleição seguinte se candidatou e foi eleito Senador da República. O mesmo aconteceu com Color de Melo depois de ficar oito anos inelegivel, isso para citar somente dois dos muitos que perambulam pelos corredores do Congresso e Senado. Gostaria de saber o que passa pela cabeça dos eleitores destes e de outros candidatos como Tiririca, Clodovil etc.
Existem estudos que comprovam que para o Brasil se tornar um país de primeiro mundo levará aproximadamente 800 anos. Isso porquê eu tenho que ensinar minha filha a respeitar filas, não jogar lixo na rua etc, ela passar essa educação para o seu filho, ele para o filho dele e assim por diante. Até que as futuras gerações se concientizem dessas obrigações, aprendam escolher melhor seus representantes e cobrem deles atitudes dignas, levará "só" 800 anos.
Abraços de com força,
Joel.

JAIRCLOPES disse...

Chassot,
Concordo que há generalizações até meio maldosas, mas aqui a intensão não é comparar com outros povos ou afirmar que apenas os brasileiros são assim. A análise é para mostrar que não temos direito de cobrar honestidade e correção de nossos eleitos se NÓS SOMOS ASSIM. Como dizer que só "os políticos" roubam quando a grande massa de nós não temos um comportamento exemplar?

Zilani Célia disse...

OI JAIR!
QUE RAIVA!
SOU OBRIGADA A CONCORDAR, MAS COM MUITO PESAR,GOSTARIA MUITO DE PODER DESCORDAR.
ABRÇS
zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

Professor Alexandre disse...

Perfeito... Triste... Porém Verdadeiro!
Levarei seu texto para trabalhar ética em sala de aula com meus alunos!

Parabéns!!!
Abraços...